IMPOSTO DE RENDA 2021

Amanhã o LEÃO anuncia as regras para fazer a declaração do Imposto de Renda 2021

A Receita Federal (Receita Federal) divulgou as datas e regras para quem deve declarar imposto de renda para 2021-2020 é o ano-base; o prazo para declarações deve atender às normas e deve ser entre 1º de março e 30 de abril

Está se aproximando o prazo para apresentação do imposto de renda pessoa física até 2021. A Receita Federal divulgou nesta quarta-feira (24) a data e as regras de quem deve declarar o imposto de renda para 2021 – tendo 2020 como ano-base.

A previsão é que o prazo para a declaração siga esse padrão e ocorra entre 1º de março e 30 de abril. No ano passado, por conta da nova pandemia de corona vírus, o prazo para entrega dos documentos foi prorrogado até o final de junho. No evento, o Ministério da Economia também exibirá a versão 2021 do plano para se manifestar. Os bancos e empresas devem enviar relatórios de renda do contribuinte até 26 de fevereiro.

Leia também:

Esses 7 Erros Você Não Pode Ter na Sua Vida Financeira

Se em 2020 todo o lucro tributável (salários, bônus da empresa, etc.) ultrapassar R$ 28.559,70, o contribuinte deverá declarar o imposto de renda.

Da mesma forma, aqueles com renda isenta de impostos (como dividendos de empresas ou receitas de fundos imobiliários) totalizando mais de 40.000 reais também devem enviar declaração antes do término do prazo.

O cidadão que se tornar residente no Brasil a qualquer mês deve buscar sua vaga no dia 31 de dezembro e também fazer uma declaração.

Por fim, quem optar pela isenção do imposto de renda sobre os ganhos de capital na venda de imóveis residenciais, cujo produto será destinado à compra de imóveis residenciais no país, também deverá estar dentro de 180 (100 e, de acordo com o contrato, de da data de assinatura do contrato de venda) No prazo de oitenta dias a contar do início Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005, artigo 39.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

Para declarar o imposto de renda para 2021, os contribuintes devem apresentar um relatório de renda enviado pelo empregador. Nele, explica todo o conteúdo retido na fonte.

A empresa deve entregá-los aos trabalhadores até 26 de fevereiro. É importante lembrar que todos os dependentes devem possuir caixa de previdência. Em caso negativo, o contribuinte deve agendar junto à Caixa Econômica ou Branco do Brasil o quanto antes.

Os aposentados ou aposentados do INSS devem obter comprovante de renda no site da Previdência Social. Os contribuintes também precisam ter relatórios de investimento do banco e da corretora que abriu a conta. Pode ser enviado pela empresa ou baixado do site de uma instituição financeira.

• APRENDA GANHAR DINHEIRO NA BOLSA DE VALORES COM UM MÉTODO REVOLUCIONÁRIO.

As receitas de despesas de médicos, dentistas, profissionais de saúde (como fisioterapeutas e psicólogos) e planos de saúde são fáceis de deduzir. Em outras palavras, os trabalhadores podem reembolsar essas despesas.

Para tanto, o extrato deve conter informações detalhadas, como nome, endereço e CPF da prestadora que prestou o serviço ou CNPJ da prestadora (o beneficiário possui nome e CPF).

Entretanto, despesas reembolsadas pelo plano de saúde não serão contabilizadas nesta conta. Taxas de matrícula e mensalidades ou cursos de pós-graduação também podem ser deduzidas.

É necessária também a arrecadação de documentos de venda de mercadorias com bons preços, valor de venda e qualquer valor que possa ter sido arrecadado, bem como documentos de doações, consórcios, empréstimos e herança.

3 FORMAS DE RENDA EXTRA ONLINE DE VERDADE – APRENDA!

Quer investir em ações em 2021? Invista em ações com taxa ZERO de corretagem: abra uma conta gratuita na Clear!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas