Separados, os caminhoneiros disseram que vão parar na segunda-feira!

Embora o movimento tenha crescido principalmente em grupos em redes sociais e aplicativos de mensagens, sindicatos e associações se opuseram à greve.

Entidades que representam os caminhoneiros autônomos e o governo ainda estão preocupadas com a possibilidade de uma greve nessa categoria na próxima segunda (1º). Embora o movimento tenha crescido principalmente em grupos de mídia social e aplicativos de mensagens, sindicatos e associações se opuseram à greve. Em nota, a Associação Nacional dos Transportadores Automatizados (CNTA) se opôs ao movimento.

Segundo a organização, a greve da época faria com que os suprimentos para o combate à pandemia do coronavírus ficassem presos na estrada e causassem perda de estoque. “Trecho do trecho do caminhoneiro, ele disse:“ Apesar das dificuldades do caminhoneiro, o CNTA ainda não é o momento ideal para estacionar, principalmente pela sutil realidade que vive o país.

A última greve ocorreu entre 21 e 30 de maio de 2018, paralisando o país, levando a combustíveis, gás de cozinha, escassez de alimentos e fortes aumentos de preços. Havia piquetes na estrada e o motorista que tentava romper o obstáculo foi espancado. Policiais rodoviários e rodoviários federais devem escoltar vários comboios para evitar roubos e vandalismo.

Alimentos e perecíveis apodrecem na rodovia. A mudança, há dois anos, aproveitou a candidatura do atual presidente Jair Bolsonaro, que fez várias promessas, mas algumas de suas reivindicações não foram cumpridas. O assessor executivo da CNTA, Marlon Maues, disse que a categoria de pesados ​​não deve entrar na greve, mas disse que o país deve manter uma atuação tranquila.

Ele atribuiu isso à organização comportamental de grupos de “esquerda” em vários estados. “Acreditamos que com o apoio preciso dessas entidades (da esquerda), haverá pontos isolados de desordeiros.

• 8 Dicas Para Guardar Dinheiro Ganhando Pouco

Combustível caro

Uma das principais necessidades é o preço do diesel e de outros combustíveis. Em meio ao som da greve, a Petrobras anunciou um aumento de 5% no investimento, o que animou ainda mais. “No mesmo dia em que fizeram isso, o Sindicato dos Petroleiros anunciou a mudança. Ele explicou que foi uma ação coordenada e temerária da Petrobras, na esperança de começar a solucionar o problema que estava sendo tratado.

• Fórmula Lucrando Em Casa Funciona Mesmo? Segredo Revelado! [2021]

A Comissão Nacional de Frete Rodoviário (CNTRC) notificou o Comitê de Gestão de Defesa Econômica sobre a intenção de estacionamento para esta categoria. O comunicado relatou insatisfação com o aumento do combustível e outros requisitos. O Ministério da Infraestrutura destacou em nota que o conselho “não é uma entidade representativa de classe que fala em nome do departamento”.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo TruckPad da Infomoney, um aplicativo que conecta profissionais de transporte, 73% dos caminhoneiros planejam estacionar na próxima semana, enquanto 26% dos caminhoneiros contestam. A pesquisa da última quinta-feira ouviu as opiniões de 300.000 especialistas do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas