Vale a pena entrar em IPO para vender na abertura? Vale “Flipar” em 2021?

No ano passado, mais de 40 empresas abriram o capital e, em alguns casos, os preços do papel dispararam no primeiro dia. Entenda os riscos de se tornar um “flipper”

O interesse em baixas históricas e a recuperação do mercado de ações nos últimos meses levaram mais empresas a abrir o capital. Em apenas um ano, mais de 40 empresas realizaram ofertas públicas iniciais (IPOs) em B3.

Só na quarta-feira (18), estavam duas empresas: a Electromedia (ELMD3), maior empresa de painéis publicitários dos Estados Unidos, e a Orizon (ORVR3), que processa resíduos ambientais e gera biogás. Amanhã, as ações da China Southern Airlines Mineração (CMIN3) devem ser listadas.

Em alguns casos, os preços das ações dispararam no primeiro dia de negociação. O que mais surpreende nos últimos dias é o comparador de preços Buscapé, Mosaico (MOSI3), dono da Bondfaro e Zoom: no primeiro pregão de 5 de fevereiro, as ações subiram 97%.

Mas isso também aconteceu com o estoque da MPMCorpóreos (ESPA3), dona da Espaço Laser Depilação, que inicialmente subiu 17,2%, enquanto o primeiro pregão da loja de móveis online Mobly (MBLY3) encerrou com alta de 25,7%.

É claro que tais avaliações expressivas nem sempre acontecem. Mas quando são vistos, chamam a atenção para uma estratégia chamada “flipar”. Betina Roxo, estrategista-chefe da Rico Investimentos, explicou: “Durante o período de retenção da oferta, as ações devem ser compradas antecipadamente e vendidas após o fato, no dia da emissão das ações no mercado.”

“O objetivo é lucrar com a valorização da conta com a turbulência atual e com base na demanda por ações da empresa.”

Os analistas do mercado financeiro prevêem que 80 a 100 IPOs serão realizados este ano. Mas vale a pena usar um IPO para tentar obter lucros rápidos no mercado de ações? Ou é um investidor que confia na sorte como um jogo de sorte?

Aprenda Ganhar com o Site instaGC

1) Não é toda vez que dá para Flippar em um IPO

É importante considerar que nem sempre é possível vender ações do IPO no primeiro dia da transação – e o problema não é necessariamente a situação do mercado, mas as características técnicas da transação. Muitas empresas tentam evitar flippers criando mecanismos que impeçam os investidores de liquidar as notas rapidamente.

Do ponto de vista da empresa, há dois aspectos nos movimentos dos investidores quando o jornal apareceu pela primeira vez. Quando o equilíbrio é alcançado, ajuda a tornar o estoque líquido, o que é considerado bom.

Porém, se o preço for muito alto, aumentará a volatilidade dos títulos, alienando outros investidores que possam ter interesse em comprar títulos e mantê-los em carteira.

Portanto, tornou-se comum as empresas travarem cotações. Este é um período que geralmente leva várias semanas e exige que os investidores detenham títulos. Somente após o término desse prazo é que eles podem vender as ações no pregão.

Isso não significa que todos os investidores devam cumprir as regras. Uma abordagem recorrente da empresa é dividir as pessoas que desejam participar de um IPO em duas categorias: um grupo é composto por pessoas que aceitam o lock-up e o outro grupo é composto por pessoas que não querem ser restringidas por esta negociação.

Esses 7 Erros Você Não Pode Ter na Sua Vida Financeira

O analista de ações da Spiti, Renato Chanes, disse: “Como eles estão mais dispostos a permitir que os investidores aceitem o lock-up, eles alocarão ações maiores para eles.”

Vários IPOs recentes têm esse mecanismo, como o próprio mecanismo do Mosaico (MOSA3). A ação prevê a destinação de até 10% das ações para pequenos investidores. Desse total, 7% das ações pertencerão a quem concordar em mantê-las até 16 de março (as ações são emitidas em 5 de fevereiro). Apenas 3% dos recursos foram para investidores que não queriam aplicar o embargo.

O mesmo vale para a oferta da Bemobi (BMOB3), que estreou na bolsa em 10 de fevereiro e está encerrada até 26 de março. Desde o início, 8% das ações estavam reservadas a investidores que aceitassem restrições, e os 2% restantes. Normalmente, os chamados investidores de varejo já são a menor parte de um IPO. E como um pequeno número de pessoas ainda está reservado para quem não aceita o lock-up, presume-se que essas pessoas só poderão comprar algumas ações.

O prospecto sempre fornece informações sobre a existência, duração e tamanho do bloqueio de IPO, que coleta todas as informações detalhadas de cada transação. Este documento pode ser visualizado no site da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (CVM).



2) Pronto para minerar informações

Quando uma empresa realiza uma oferta pública inicial, ela fornecerá ao mercado uma série de informações financeiras contidas no prospecto. Portanto, quem investe em ações de longo prazo tem os elementos para avaliar se as perspectivas futuras da empresa são boas.

Quem deseja operar em um curto espaço de tempo e quem negocia valores mobiliários em um curto espaço de tempo encontra dificuldades. A principal ferramenta para esses investidores é o gráfico de preços, que mostra o comportamento futuro das ações.

No entanto, ações que nunca foram negociadas não têm histórico de cotações, portanto, não podem ser inseridas no gráfico para análise.

Segundo Chanes, outro fator importante a se considerar é a assimetria de informações descrita pelos especialistas de mercado.

Para o investidor de varejo, é difícil avaliar fatores que podem ser determinantes para o desempenho das ações no primeiro dia de negociação, como a demanda por títulos durante o processo de emissão. Portanto, quem já comprou ações do IPO e pretende vendê-las no IPO ainda não tem certeza do que acontecerá com esses documentos no curto prazo – às vezes, o lucro da “surpresa” é mais do que o cabal.

Operação de análise Bettina disse: “A escolha de uma empresa para um IPO deve seguir a mesma ideia de escolher qualquer outra ação para investir: é preciso estudar os números e verificar se há potencial de aumento de estoque no futuro”.

Esses 7 Erros Você Não Pode Ter na Sua Vida Financeira

tente estar em uma situação que muda rapidamente. Participar de um IPO sem entender os fundamentos é um risco. Para quem quer se safar mesmo que tenha que calcular o risco, vale a pena considerar os seguintes pontos:

Esse tipo de operação é mais adequado para quem já tem experiência em renda variável e alta tolerância a riscos. É importante manter-se atualizado. Antes da emissão das ações, geralmente são divulgadas informações sobre a demanda por títulos no mercado.

De acordo com Chanes, essas notícias e avaliações de empresas realizadas por agências de análise profissionais podem ajudar a formar o conceito de demanda por uma oferta, que é um importante indicador do desempenho do primeiro dia de negociação da bolsa.

Também é necessário avaliar o campo em que a empresa atua. “E os recentes IPOs de outras empresas do mesmo segmento de mercado? Como as ações têm se comportado no mercado de ações desde então? Chanes disse que vale a pena tentar entender se é uma área de preocupação do mercado.

3) Caso ocorra de a ação não subir? Tome uma atitude!

Você precisa tomar uma decisão! Você pretende fazer um IPO no primeiro dia de negociação, mas suas expectativas estão destruídas. O papel não subiu, mas caiu. O que devo fazer? Existem duas opções. Um é esperar.

Com o tempo, isso pode ser um revés temporário. Bettina disse: “Se você acha que o preço das ações provavelmente será corrigido no médio e longo prazo, pode fazê-lo.” Esse é um dos movimentos populares do início deste ano, que aconteceu com a startup de serviços financeiros Méliuz.

Embora tenha caído 6,5% ao final do dia de abertura da bolsa em novembro de 2020, aumentou 183% até 12 de fevereiro.

A segunda opção é ser pragmático. “Quem quer flipar tem uma estratégia definida em mente, que é entrar e sair logo do papel. Se você se decepcionou com o desempenho das ações no primeiro dia, venda as ações e assuma o prejuízo”, diz Chanes.

Um início ruim, segundo o analista, pode ser um indicativo de que, no momento, o mercado não tem uma perspectiva tão positiva assim para a empresa. “Se sua intenção não é ser acionista da companhia, por que ficar segurando os papéis?”

Quer participar de um IPO? Invista em ações com taxa ZERO de corretagem: abra uma conta gratuita na Clear!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens Relacionadas